GarantiParaíba participa da palestra do Sebrae em Campina Grande

Posted by Executivo Garanti Paraíba 07 fev 2017 No Comments »
GarantiParaíba participa da palestra do Sebrae em Campina Grande

.A GarantiParaíba participou no dia 06/02/2017 (segunda-feira) da palestra “Saiba como lucrar e melhorar a gestão financeira de sua empresa”, proferida por Alex de Abreu, contabilista e consultor do Sebrae, evento organizado pelo programa Na Medida do Sebrae-PB, o evento aconteceu no auditório do Senac na cidade de Campina Grande. A palestra teve como objetivo demostrar como as áreas de Finanças, RH, Marketing e Planejamento Estratégicos são importantes e que podem impactar significativamente nos resultados financeiros das empresas.

O Diretor Executivo da GarantiParaíba Luiz Carlos, finalizou o evento apresentando a Sociedade Garantidora de Crédito da Paraíba aos empresários presentes, destacando a importância de se associar a SGC para garantir melhores condições de financiamento. A GarantiParaíba busca cada vez mais participar de palestras, eventos e convenções em 2017, com objetivo de difundir o Associativismo e Cooperativismo na região, buscando assim o desenvolvimento socioeconômico do Estado da Paraíba.

.

Jefferson Felipe – Estagiário                                                                                                             GarantiParaíba

.

Luiz Carlos – Diretor Executivo da GarantiParaíba

Luiz Carlos – Diretor Executivo da GarantiParaíba

Garanti Paraíba participa do Seminário de Crédito do SEBRAE-PB em João Pessoa

Posted by Executivo Garanti Paraíba 25 nov 2016 No Comments »

A GarantiParaíba participa do Seminário de Crédito em João Pessoa, promovido pelo SEBRAE-PB, o evento ocorreu no dia 25 de novembro de 2016, contou com a participação de representantes de Cooperativas de Crédito, do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal, do Banco do Nordeste, do BNDES.

O diretor executivo da GarantiParaíba, Luiz Carlos, proferiu uma palestra demonstrando a importância dos micro e pequenos empresários se associarem a Sociedade de Garantia de Crédito, para buscar melhores taxas e condições de empréstimo para seus empreendimentos.

Fruto dessa participação, no primeiro mês de 2017 a GarantiParaíba emite a primeira carta de garantia de crédito do Sicoob Litoral, para o associado Pingo de Gente Berçário e Educação Infantil, da cidade de João Pessoa.

.

Jefferson Felipe – Estagiário                                                                                                             GarantiParaíba

.

Luiz Carlos – Diretor Executivo da GarantiParaíba

Luiz Carlos – Diretor Executivo da GarantiParaíba

CONCRED prepara cooperativismo financeiro para novos desafios

Posted by Executivo Garanti Paraíba 03 out 2016 No Comments »
Presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, participa da abertura do 11º Concred

Presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, participa da abertura do 11º Concred

Diretor de Regulação do Banco Central, Otávio Ribeiro Damaso, anunciou durante o Painel Bacen que, após uma parada na agenda regulatória, o tema das garantias recíprocas voltará a ser discutido com as cooperativas de crédito no próximo ano.

A 11ª edição do Concred contou com a participação de gestores do projeto de garantias de crédito do Sebrae nos estados do Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraíba. O diretor executivo da GarantiParaíba também participou do congresso que tratou dos temas governança, sustentabilidade e inovação no Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC). A avaliação unânime é de que as discussões dotaram o SNCC de elementos para acompanhar as novas tendências que ganham corpo no século XXI.

Segundo Luiz Carlos Ferreira de Lima, as questões levantadas durante o evento serão de grande valia para o crescimento e aprimoramento do sistema de cooperativas de crédito. “O que mais me chamou a atenção foram as propostas do Banco Central que estão por vir, para melhor adequar a realidade de cada cooperativa no que tange a oferecer seus serviços aos cooperados. Também me chamou a atenção os modelos de cooperativismo dos Estados Unidos e da Alemanha”, destacou o diretor executivo da GarantiParaíba.

Durante o Painel Bacen, que tratou das “Perspectivas de expansão do cooperativismo financeiro”, o diretor de regulação da instituição, Otávio Ribeiro Damaso, registrou que houve uma “parada na agenda regulatória” para que o SNCC possa se adaptar às últimas diretrizes de funcionamento das cooperativas. No entanto, o titular da Dinor anunciou que os temas da cogestão e das garantias recíprocas voltarão à pauta de discussão com as entidades que representam o cooperativismo financeiro no próximo ano.

Referência do setor

O gerente da Unidade de Acesso a Serviços Financeiros do Sebrae Nacional, Alexandre Comin, considera que o Concred vem se consolidando no principal evento do segmento cooperativista de crédito no Brasil. “A 11º edição abordou uma tríade temática de grande importância para o futuro das cooperativas financeiras. Avanços no quesito governança são perceptíveis em muitas instituições pelo país, notadamente naquelas que possuem uma maior estrutura. No evento este tema foi reforçado para as cooperativas menores, mostrando a importância da profissionalização dos conselhos e das diretorias”. Comin também aponta a ênfase que vêm sendo dada à “transparência como forma de dar maior credibilidade aos atores com os quais as cooperativas se relacionam, ou seja, a sociedade, os clientes e cooperados e os colaboradores”.

O gestor da carteira de projetos de cooperativismo financeiro do Sebrae Nacional, Weniston Ricardo Abreu, concorda com essa avaliação e acrescenta que o Concred também confirmou sua relevância como fórum de debates dos temas de sustentabilidade e inovação. “Foram apresentados desafios para essas questões serem incorporadas aos modelos de negócios cooperativistas”. Weniston destaca, ainda, a necessidade de as cooperativas utilizarem os meios digitais como elementos de agregação de valor aos seus portfólios de produtos e serviços. “É importante ressaltar

que inovação não é tão somente o uso de tecnologia, mas a adoção de práticas inovadoras de gestão, que contribuam para a melhoria do desempenho da cooperativa”, afirma.

A coordenadora do projeto de garantias de crédito do Sebrae/MG, Nathalia Milagres, reforça a colocação de seu colega do Sebrae Nacional e diz que os temas tratados no Concred são bastante atuais e remetem às tendências do mercado para qualquer modelo de negócio: “Eles são fundamentais para as cooperativas de crédito e mostram como o sistema cooperativista deve se adequar às tendências e às mudanças do mercado e do comportamento de seus clientes”.

Papel do cooperativismo

Na visão da gerente da Unidade de Acesso a Serviços Financeiros do Sebrae/PB, Márcia Barbosa Leite Timótheo, o Concred disponibilizou ferramentas para avançar as relações financeiras das pessoas com o mundo no século XXI. “O presidente da Confebras, Celso Ramos Régis, destacou a importância dos temas tratados para uma nova performance das cooperativas de crédito frente aos desafios do mercado financeiro, das crises econômicas mundiais e da redefinição do papel das instituições financeiras na sociedade”. Ela também sublinha a tônica dada no evento às mudanças e tendências para um mundo mais colaborativo, com foco na promoção da felicidade nos relacionamentos pessoais e familiares.

Sobre a tríade temática do Concred, Márcia considera que a governança foi mostrada como “expressão de práticas de boa gestão com base na ética, transparência e na promoção humana, que não deve se limitar à oferta de produtos e serviços financeiros. A incorporação desses valores pelas lideranças do cooperativismo é uma condição para as cooperativas de crédito não serem extintas”. Em relação à dimensão da sustentabilidade, ela sintetiza que o tema foi apresentado como um “desafio do novo século permeado pela efemeridade das mudanças, que convidam as cooperativas para ações voltadas às comunidades e para a construção de um novo propósito na sociedade, alicerçado na moral e na continuidade da espécie”.

A gerente do Sebrae/PB também lembra que o Concred chamou a atenção para a necessidade de o cooperativismo de crédito gerar inovação nos processos internos e no atendimento aos associados a fim de transformar a sociedade em espaço de convivência mais construtiva e duradoura. “Face aos avanços exponenciais que estamos vivendo, é fundamental redefinir nossos paradigmas, vivenciar a economia do compartilhamento, construir propósitos convergentes e entender quais são os problemas que nossos clientes querem resolver” arremata Márcia.

Portal das SGC, Ronaldo de Moura
Matéria produzida em 03 de outubro de 2016.

Parceria com o Unicredi ganha força na Paraíba

Posted by Executivo Garanti Paraíba 14 set 2016 No Comments »
GarantiParaíba estreita relacionamento com a UnicredCentro Paraiibana

GarantiParaíba estreita relacionamento com a UnicredCentro Paraibana

Formalizado em 2014, cooperação entre a GarantiParaíba e a Unicred Centro Paraibana deu um salto de quantidade e de qualidade a partir do segundo semestre desse ano. Sociedade de garantias de crédito (SGC) comemora crescimento das operações e aposta na ampliação de seus negócios no estado

O convênio da GarantiParaíba com as cooperativas de crédito associadas ao Sistema Unicredi que operam no estado será intensificado a partir de uma reunião paralela à programação do 11º Concred, que acontecerá no período de 28 a 30 de setembro, no Rio de Janeiro. “Vamos conhecer as experiências bem-sucedidas do relacionamento das SGC do Sul e do Sudeste com os demais sistemas cooperativistas, pois queremos incrementar as cartas de garantias complementares na nossa área de atuação”, anuncia Fábio Piquet, presidente do Conselho de Administração da Unicred Centro Paraibana.

Além dos representantes da Centro Paraibana, deverão participar do encontro outros dirigentes de singulares associadas tanto à Unicred quanto ao Sicoob. “A ideia é esclarecer alguns pontos para otimizar a operacionalização do nosso convênio com a GarantiParaíba”, afirma Piquet, que também integra o Conselho de Administração da Central Norte / Nordeste do Unicredi. “As vantagens do sistema de garantias são imensas para nossos cooperados, sobretudos nos momentos de crise econômica e de restrição ao crédito”, reforça.

O dirigente da Unicred Centro Paraibana revela que existe um grande potencial para aumentar a sinergia entre o Unicredi e a Rede Nacional de Garantias no Nordeste. “Já identifiquei demandas no Ceará e em outros estados”. Piquet reconhece que, na região de Campina Grande, a media das linhas de crédito garantidas pela GarantiParaíba ainda é baixa. “No nosso caso específico, o desafio é aumentar a divulgação e sensibilizar nossos gerentes”, concluí.

Coincidência de propósitos

O presidente do Conselho de Administração da GarantiParaíba, Luiz Alberto Leite, participou nesta semana (13/9) de uma reunião em Campina Grande, que foi convocada pela Unicred Centro Paraibana. Na pauta, os parceiros discutiram alternativas para ampliar o leque e o volume das operações de crédito por meio das cartas de garantias da SGC. “A reunião foi muito produtiva porque partimos do interesse comum de alinhar e dinamizar nossa parceria”, afirma.

Luiz Alberto também demonstra confiança nos resultados da reunião que acontecerá no Rio de Janeiro no final do mês. “O depoimento dos dirigentes das SGC do Paraná e do Rio Grande do Sul mostrará que é possível incrementar a carteira de crédito garantida pelas cartas de aval da GarantiParaíba com nossos parceiros locais”, projeta. A expectativa é de que essas conversações ajudem a destravar os convênios firmados com duas outras cooperativas associadas ao Unicredi e ao Siccob.

O convênio com a singular do Unicredi que opera no município de Patos foi assinado em novembro de 2015. Já o termo de cooperação com a Siccob Litoral, que atua em João Pessoa e em 20 outras cidades no estado, foi formalizado em abril desse ano. “Nos dois casos, ainda não conseguimos decolar”, lamenta Luiz Carlos Ferreira, diretor executivo da GarantiParaíba.

Tendência de crescimento

No entanto, o executivo da SGC comemora a aceleração da parceria com a Unicred Centro Paraibana. “A partir do segundo semestre desse ano, o número e a qualidade das cartas de garantias fornecidas para associados dessa cooperativa têm crescido de forma muito animadora”, relata Luiz Carlos.
Ele avalia que a mudança de posicionamento se deve ao fato de que a singular descobriu, recentemente, o potencial e a importância dos pequenos negócios. “O quadro de associados das cooperativas ligadas à Unicredi ainda é marcado pelo predomínio do segmento da saúde e das empresas de médio e grande porte”, pondera o executivo da sociedade garantidora.

A Unicred Centro Paraibana tornou-se uma cooperativa de livre adesão a partir de 2013 e, em julho desse ano, contava com aproximadamente 4,9 mil associados, sendo 4.210 pessoas físicas e 684 pessoas jurídicas. Presente em cerca de 40 municípios e com quatro agências em Campina Grande e em Patos, a singular possui ativos de R$ 151,2 milhões e uma carteira de crédito superior a R$ 112 milhões.

Até a segunda quinzena de agosto, a singular concedeu linhas de crédito de aproximadamente R$ 2 milhões para 39 associados por meio das cartas de garantias fornecidas pela SGC. A totalidade dessas operações foi para a modalidade de capital de giro. “As nossas taxas de juros de ‘ balcão’ variam entre 2,65% a 3,28% a.m. Já os financiamentos garantidos pela SGC oscilam entre 2,15% a 2,3% a.m., com prazos de pagamentos de, respectivamente, 24 a 48 meses”, detalha Erik Nóbrega de Morais, gerente de Pessoa Jurídica da Unicred Centro Paraibana.

Portal das SGC, Ronaldo de Moura
Matéria produzida em 14 de setembro de 2016

GarantiParaíba supera a marca de R$ 5 milhões de garantias

Posted by Executivo Garanti Paraíba 24 maio 2016 No Comments »
Empresa de ferragens de Campina Grande se associa ao Sicoob e à GarantiParaíba para fugir de juros estratósfericos do BB

Empresa de ferragens de Campina Grande se associa ao Sicoob e à GarantiParaíba para fugir de juros estratósfericos do BB

Pelo segundo mês consecutivo, a SGC bateu recordes no processo de implantação do sistema de garantias mútuas no estado. Em abril foi emitida a centésima carta de garantia para um empresário de Campina Grande. Os próximos desafios são ampliar as operações para João Pessoa e outras cidades

A GarantiParaíba atingiu, na terceira semana de maio, a marca de R$ 5 milhões de cartas de garantias emitidas para os pequenos negócios no estado. O aval da garantidora de crédito permitiu à microempresa Comercial Macedo obter um empréstimo de R$ 80 mil para ser aplicado no capital de giro do empreendimento, que atua no comércio de material de construção e de implementos agrícolas desde 1999. O recurso liberado pelo Sicoob Borborema – principal parceiro da SGC – será pago em 36 meses, com 30 dias de carência.

Segundo a gerente financeira da Comercial Macedo, os recursos serão utilizados para trocar uma dívida que a empresa tinha com o Banco do Brasil. “Nós pagávamos cerca de 5% a.m. para um financiamento da linha BB Giro Rápido. Como a taxa de juros da cooperativa de crédito foi fixada em 2,1% a.m. eu não pensei duas vezes para me associar ao Sicoob Borborema e à GarantiParaíba”, afirma Lisiane Macedo Queiroz.

Centésima garantia

Em abril, a garantidora de crédito já havia alcançado outra marca importante: liberar a centésima carta de garantias para outro associado de Campina Grande. O comerciante Diego Pereira utilizou o aval da SGC para obter um empréstimo de R$ 20 mil junto ao Sicoob CG CRED. “Com o apoio da GarantiParaíba, os juros da cooperativa de crédito ficaram praticamente a metade do que os bancos estavam cobrando”, avaliou o dono da Central do Gesso.

Segundo o presidente da GarantiParaíba, Luiz Alberto Leite, as operações realizadas junto às micro e pequenas empresas de Campina Grande correspondem ao projeto piloto da primeira garantidora de crédito na Região Nordeste. “A nossa base de atuação é estadual. Portanto, queremos ampliar a oferta de nossos serviços para a capital e outros municípios importantes, como Patos e Souza”, planeja Luiz Alberto.

O primeiro passo nessa direção foi dado no final de abril quando a Garantiparaíba assinou um termo de parceria com o Sicoob Litoral. A cooperativa de crédito está sediada em João Pessoa e atende a outros 20 municípios do litoral paraibano. “Essa parceria será de fundamental importância para expandir a oferta de nossos serviços e para ampliar o acesso ao crédito saudável para os pequenos negócios”, aposta Luiz Carlos Ferreira de Lima, gerente executivo da SGC.

Ampliação das operações

Para atender às micro e pequenas empresas de Patos – município com mais de 100 mil habitantes, que ocupa a quinta posição do PIB estadual – a Garantiparaíba pretende otimizar o convênio de cooperação assinado, em outubro do ano passado, com o Sicoob Espinharas. Já a estratégia para ampliar a oferta de serviços para os pequenos negócios localizados no sertão paraibano depende da ativação da parceria com o Unicred Alto Sertão, com sede em Souza. O termo de cooperação foi assinado no final de 2014, mas ainda não saiu do papel.

Atualmente, as cartas de garantias da GarantiParaíba são reconhecidas pelo Sicoob Borborema, que concentra 80% das operações, e pela Unicred Centro Paraibana, ambas de Campina Grande. “O nosso potencial de crescimento é grande. Precisamos, agora, buscar as condições necessárias para aumentar nossa estrutura operacional, já que dispomos de apenas um profissional para cobrir todo o estado”, lamenta Luiz Alberto.

Para superar essa limitação, o presidente da GarantiParaíba pretende renovar o pleito junto ao Sebrae Nacional para que os recursos do fundo de risco da garantidora de crédito, cujo saldo atual é de aproximadamente R$ 2,3 milhões, sejam transferidos da Caixa Econômica Federal para seus parceiros financeiros. “O Sicoob Borborema, por exemplo, se propõe a liberar, mensalmente, R$ 30 mil mensais para financiar nosso custeio. Esses recursos serão extremamente importantes para darmos um salto de crescimento das nossas operações em todo o estado”, reivindica Luiz Alberto.

Portal das SGC, Ronaldo de Moura
Matéria produzida em 24 de maio de 2016.

Publicações

SGC na Paraiba

Onde estamos